DICAS PARA PRATICAR RAFTING

O Rafting é um esporte relativamente novo no Brasil, que vem crescendo rapidamente. A maioria das pessoas que experimentam a prática do rafting pela primeira vez desconhecem seus fundamentos, afinal o meio líquido e turbulento de uma corredeira não é coisa lá muito famíliar. Pensando nisso apresentamos a seguir algumas dicas necessárias aos marinheiros de primeira viagem.

Equipamento Fornecido

A TDA utiliza somente botes de alta resistência, específicos para a prática do rafting. Todos os participantes devem remar e os botes tem capacidade de 5 à 8 pessoas, mais um guia que orienta o grupo.

O que levar?

Tênis (obrigatório), para proteger os pés em caso de queda na água;
Roupa para molhar;
Toalha e uma muda de roupa seca;
Protetor solar;

O que não levar?

Óculos (somente em caso de necessidade e devidamente amarrados);
Relógio, jóias, etc... Não são recomendados.

Antes de inciar a descida o guia dará uma explicação teórica a todos

FIQUE LIGADO, POIS SERÃO ABORDADOS PONTOS IMPORTANTES COMO:

  • O modo correto de sentar-se no bote para não cair;
  • As técnicas para remar de modo eficiente sem cansar-se demais;
  • Os comandos que o guia dará para que o bote seja controlado (Ex. Frente: todos remam para frente; Ré: todos remam par trás);
  • Procedimentos de segurança.

SE VOCÊ CAIR NA ÁGUA...

  • Mantenha a calma;
  • Tente agarrar a corda ao redor do bote;
  • Se já estiver muito longe do bote, oriente-se e coloque-se em posição defensiva;

Ex. pés para frente (em direção da corrente) bem próximos a superfície. (ver figura abaixo)

  • Jamais tente ficar em pé mesmo que pareça raso, você poderá prender as pernas em pedras e machucar-se;
  • Tente olhar para o guia; ele poderá indicar-lhe para onde é mais fácil nadar.
  • Pode acontecer que a correnteza lhe puxe para o fundo do rio. Não perca a calma, pois em alguns segundos a própria água lhe trará de volta a superfície.
  • Assim que estiver em águas mais calmas nade vigorosamente para o bote ou para a margem. Não se deixe levar passivamente até a próxima corredeira.
  • É importante que quem permaneceu no bote continue remando e obedecendo aos comandos do guia, assim não será perdido o controle do bote e o resgate será mais rápido.

ATENÇÃO: NÃO BEBA NADA ALCOÓLICO ANTES DO RAFTING!

Sob pena de ter seu embarque recusado ou mesmo de ser convidado a desembarcar, agarrar o mato, e terminar o passeio a pé! O bom desempenho do bote para vencer as corredeiras depende de todos.

RAFTING É PERIGOSO?

Claro que sim, assim como andar de carro, moto ou bicicleta, andar de bote também oferece seus riscos. Lógico que fazemos a atividade dentro de uma série de padrões de segurança de modo a minimizar seus riscos, mas não podemos garantir que acidentes não ocorram.

TEM QUE SABER NADAR?

Saber nadar é bom, mas não é o mais importante. Importante mesmo é manter a calma. O colete salva-vidas lhe ajudará a manter-se na superfície. A calma é necessária para lembrar das instruções e para respirar na hora certa ou seja: quando você estiver em cima d’água e não em baixo, furando as ondas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


DICAS PARA

PRATICANTES